A maioria das pessoas em nosso País, ama e respeita a Bíblia e cada dia aumenta o número daqueles que desejam compreendê-la melhor. Muitos, no entanto, têm dificuldades para entender seu último livro (o Apocalipse), com sua fluente linguagem profética, vívidas descrições e misteriosos símbolos. Porém, a mesma Bíblia tem a chave para interpretar as fascinantes revelações apocalípticas. Nesta série de estudos bíblicos, você conhecerá e identificará, com vibrante entusiasmo, o significado de seus segredos.

Outra agradável surpresa é a descoberta de que o Apocalipse não é um tesouro ancorado no passado longínquo, nem um tabu indefinido na penumbra de um futuro incansável, fechado à percepção presente. O anjo de Deus ordenou que não fosse selado (Apocalipse 22:10 ), e alegre-se! É um livro aberto especificamente para a nossa época (Apocalipse 22:10-12 ). Mais ainda: contém uma promessa de bênção especial para aqueles que o estudam e respeitam sua revelação. Deus vai revelar os segredos do Seu Reino para você e sua família.

João escreveu o livro do Apocalipse na rochosa ilha de Patmos ( Apocalipse 1:9), que fica no mar Egeu, para onde havia sido exilado por ordem do imperador Domiciano. Por causa de sua fé, foi obrigado a trabalhar nas minas. Naqueles dias Patmos servia como prisão de máxima segurança. João escreveu sob circunstancias difíceis e desanimadoras. Mas Deus transformou a maldição em bênção!

Jesus buscou o que outros escritores da Bíblia haviam dito sobre o tema. Seu método, sem dúvida, é o correto; permitir que a Bíblia se explique a si mesma. É assim que devemos estudar o Apocalipse.

A chave que abre os mistérios do Apocalipse está no estudo do Antigo Testamento. Taylor G. Bunch diz que 27 livros dos 39 do Antigo Testamento são citados em Apocalipse, e dos 404 versículos, 276 são citações de outros autores bíblicos. Por isso é que o mistério que envolve os símbolos do Apocalipse se torna claro quando estudamos outras passagens bíblicas sobre o mesmo tema.

Ao ler Apocalipse, notamos que Deus estava mostrando incidentes e fatos que o Seu servo via com os seus olhos e ouvia com seus ouvidos. Portanto, João, ao informar as visões, diz: “Eu vi” ou “olhei” e “ouvi”, ou algo semelhante, pelo menos 73 vezes. Em Apocalipse, Deus está apresentando acontecimentos, nações, movimentos religiosos e organizações. Mensagens como em filmes com imagens e palavras. Diríamos hoje que Deus revelou o Apocalipse por meio de impressões audiovisuais.

Jesus falou em símbolos (parábolas) para que as entendessem somente aqueles que estavam relacionados com as coisas espirituais. Se o Apocalipse tivesse sido escrito numa linguagem literal, há muito que os inimigos de Deus o teriam destruído. Deus, na Sua sabedoria, apresentou Suas mensagens numa linguagem compreensível somente para “os Seus servos” (Apocalipse 1:1.)

Os símbolos não impedem a compreensão, porque a Bíblia nos dá o seu significado.

A falta de sinceridade priva as pessoas da capacidade de entender a mensagem profética, por isso é que para muitos a revelação do Apocalipse parece obscura e fechada. Como exemplo vemos um caso no Antigo Testamento: Isaias 29:10-14; São Mateus 13:14.

Deus o abençoe ao estudar Suas profecias através desta série. A vida eterna começa agora!

Estas lições da série Apocalipse, a resposta, são um complemento da série em vídeo.
O ideal é que assista aos estudos em vídeo e somente depois baixe a lição correspondente para ler e responder.
Clique aqui para acessar aos vídeos.

Os Estudos bíblicos abaixo, estão disponíveis em formato do word(*.doc).

Comentários

 

Copyright © www.profecias.com.br desde 1998 | Depto de Evangelismo da Divisão Sul-AmericanaM | Igreja Adventista do Sétimo Dia | iDSA